Neste post vamos falar de de 3 dicas de como usar cores na decoração de interiores.

Na hora de construir ou reformar, uma das tarefas mais difíceis é escolher e saber combinar as cores que darão harmonia na decoração da sua casa e de cada ambiente.Nesse post vou dar 3 dicas muito importantes na hora de reformar ou quando compramos uma casa nova com relação a definição das cores que vale desde as paredes até os objetos e peças de decoração,

Usando um esquema de cores

Um esquema de cores é essencialmente a composição de cores usada em um ambiente, desde as cores das paredes, piso, passando pelos moveis, objetos, quadros e tecidos. O grande segredo de um resultado harmonioso na hora de decorar a casa é pensar no esquema de cores desde o início, uns dos erros mais comuns da hora de escolher cores e objetos, é fazer a escolha sem pesar no todo, no equilíbrio final das cores.

Esquema de Cores

Esquema de cores do projeto é o ponto de partida.

Assim como no projeto, pensar no todo é fundamental para as cores!

 

As cores a princípio podem parecer apenas uma escolha de gosto, mas por traz de um esquema de cores de sucesso tem muito conhecimento e experiência. As regras para uso de cores é bem ampla e complexa, muito mais do que possa parecer. A primeira coisa é saber classificar as cores nas suas diferentes categorias, cores frias, quentes, neutros, etc. Saber o que cada cor pode transmitir é muito importante porque cada ambiente tem a sua função definida e portanto a cor pode ajudar a dará aquele toque final a personalidade do ambiente e a energia certa.

Clique aqui para definições mais técnicas das cores

Além disso a empresa Pantone, especialista em cores, disponibiliza algumas paletas de cores que em harmonia estão bem e pode ajudar na hora de escolher o seu esquema de cores.

como usar cores na decoração de interiores

Do Macro ao Micro

Depois de um pouco de conhecimento teórico de cores é hora de botar a mão na massa. Mas da onde começar? Bom podemos dividir a casa do Macro para o Micro, ou seja, das paredes aos objetos. As paredes e pisos são a base de tudo, os materiais são muito importante porque como as cores também podem transmitir diferentes sensações, dependendo do tipo de piso usado, madeira, mármore e etc; a escolha das cores é essencial para dar o equilíbrio justo pra atingir os resultados desejados para aquele ambiente. Para fugir dos erros, cores neutras são mais indicadas para a base da nossa decoração, tons neutros são a formula perfeita para as paredes. Mas como para toda regra temos uma exceção, dependendo do ambiente escolher uma ou duas paredes para ousar com um cor forte, pode trazer aquele toque de personalidade único para sua casa. Se no Macro usamos grande parte os tons mais neutros no Micro, objetos, almofadas, quadros é o momento de usar as cores, sempre tendo em conta fazer uma combinação harmoniosa e lembrando da dica anterior do esquema de cores. Os objetos dão o toque final na decoração.

Nas paredes uma dica importante! Antes de pintar a parede toda, peça para o profissional encarregado da reforma fazer algumas amostras, quadrados de 1 metro quadrado.  Assim você consegue determinar a cor que fica melhor.

Criando Contraste

Muito importante na hora de decorar é não escolher materiais e cores nos mesmo tons, trabalhar com contrastes ajuda na hora de dar destaque a alguns objetos e não deixar o resultado sem graça. Mas tudo com equilíbrio sem exagerar.

Se você ainda tiver dúvidas, os sites das empresa mais renomadas em cores como Suvinil ou Coral possuem simuladores para ver o resultado das cores das paredes. Além do mais as lojas especializadas em venda de tintas além de possuir um grande catalogo fornecem a opção da tinta em uma quantidade para fazer amostras, faça sempre um teste de cor em uma das paredes antes de começar a pintura, algumas tintas podem mudar de cor depois de secas.

Usando um pouco de contraste

Usando um pouco de contraste

Meu Estilo de como usar cores na decoração de interiores

Vou compartilhar com vocês o meu estilo de trabalho quanto as cores. Gosto muito de utilizar a base neutra da dica do Macro para o Micro.  Normalmente deixo nos elementos maiores, como as paredes, grande moveis e marcenarias uma cor mais neutra. Não uso branco, pois acho um pouco sem graça, mas cores neutras, como por exemplo tons de concreto, que dão aconchego( a base para o projeto) e permitem o uso de cores mais pontuadas. As cores mais marcantes deixo pontadas nas artes, nos moveis menores e nos objetos. Isso deixa a decoração com muita identidade, leve e dinâmica, pois a troca de alguns elementos muda a cara da decoração sem grandes alterações na base. Lógico que não é uma regra fixa, podendo dar cor marcante há algum móvel, isso vai muito da sensibilidade e da experiência, mas de forma geral o uso da base neutra de muito certo.

Abaixo separei uma galeria com fotos de alguns projetos com o uso da base neutra nas cores para exemplificar esse estilo.

 

 

Se você gostou deste post deixe um comentário ou compartilhe com seus amigos.

Texto: Juliana Brunetti

 

Marília Veiga atua  há mais de 30 anos como designer de interiores. Possui um variado portfólio projetos realizados no Brasil e exterior. Acompanhe o que acontece no mundo da decoração e arquitetura no blog da Marília Veiga.