A busca por apartamentos em São Paulo nunca foi tão difícil. Já não bastasse a imensa metrópole comportar um dos custos de vida mais caros do mundo, iniciativas do poder público em melhorar bairros, construindo estações de metrô por exemplo, estão também contribuindo para a valorização de algumas regiões. Confira abaixo os cinco bairros mais caros da cidade.(valor médio por m2)

Pinheiros(com Vila Madalena): metro quadrado 6.169 reais
A região é uma das mais antigas da cidade, com opções gastronômicas de alta qualidade. Bares, baladas, lojas de artesanato e antiguidades completam o tipo de comércio predominante no bairro. A tradição de imóveis antigos contrasta com os novos e super valorizados empreendimentos imobiliários.

Itaim Bibi(com Vila Olimpia):
metro quadrado – 6.301 reais
Baladas de luxo dividem as ruas do bairro com escritórios comerciais e residências. A arquitetura é dominada por edifícios modernos, oferecendo alto padrão e boa estrutura de serviços para os moradores.

Moema(com Ibirapuera): metro quadrado – 6.524 reais
A proximidade ao Parque do Ibirapuera é um dos motivos do encarecimento da região. Além disso, possui amplo comércio com lojas de alta classe e o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é o mais caro da cidade. Nos últimos anos, Moema tem assistido a chegada de empreendimentos imobiliários de alto padrão, com o luxo de possuir muitas vagas na garagem para cada apartamento. Em Moema o valor pode chegar a R$ 15.000,00 o m2 para um imóvel novo de alto padrão, tornando uma das regiões mais caras do Brasil, junto com Ipanema no Rio de Janeiro.

Jardim Paulista(com Jardim Europa): metro quadrado – 6.545 reais
A região que comporta a Avenida Paulista é uma das mais badaladas da cidade, principalmente por ser um reduto do público alternativo, cult e GLS. Há muitos flats, hotéis de luxo, shoppings, escritórios e comércio em geral, que encarece o valor imobiliário do bairro.

Alto de Pinheiros: metro quadradro 6.751 reais
Amplas áreas verdes, como o Parque Villa Lobos, proporcionam qualidade de vida pra quem opte morar neste bairro. A ocupação urbana, ao contrário de muitos outros bairros da capital paulista, foi planejada. Famílias de alta renda predominam na população da região.

Em todas estas regiões,os imóveis prontos, principalmente os novos, podem ultrapassar o valor de R$ 10.000,00 por m2.

Fonte: www.npiapartamentosaopaulo.com.br

    Precisa decorar seu imóvel? Fale com a gente!